Moçambique palco da AG da ACOLOP

Moçambique acolheu através do Comité Olímpico de Moçambique (COM), a Assembleia Geral (AG) da Associação dos Comités Olímpicos de Língua Oficial Portuguesa (ACOLOP), na passada sexta-feira 8 de Março, em Maputo.

Durante a cerimónia de abertura do evento, o Presidente da ACOLOP, Gustavo da Conceição, reconheceu o esforço que Moçambique fez através COM, para acolher o evento e mostrou abertura e disponibilidade da organização que preside para colaborar com os governos dos países membros da ACOLOP.

Por sua vez, o Presidente do Comité Olímpico de Moçambique, Anibal Manave, agradeceu a ACOLOP por ter confiado a organização da sua reunião à Moçambique e partilhou que a solução de algumas dificuldades que a organização tem atravessado neste contexto de instabilidade económica e financeira mundial, passa pela sua reinvenção.

Durante a cerimónia de abertura do evento, foram homenageadas mulheres presentes na cerimónia pela passagem do dia internacional da mulher, 8 de Março.

Ainda no âmbito da AG, os delegados da ACOLOP, tiveram um encontro de cortesia com a Ministra da Juventude e Desportos, Nyeleti Mondlane, onde reafirmou o comprometimento do governo com o Comité Olímpico de Moçambique na massificação do desporto.

A Assembleia Geral da ACOLOP que tinha como um dos propósitos partilhar experiencias entre os membros, terminou no fim do dia e juntou delegados de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guine Equatorial, Macau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Sri Lanka.

A ACOLOP, é uma organização não governamental, fundada a 8 de Junho de 2004 em Lisboa. A organização é constituída por 12 membros a saber: os Comités Olímpicos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Macau (China), Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e Guiné Equatorial, este na qualidade de membro associado. Em Abril de 2006, passaram a integrar a ACOLOP os Comités Olímpicos da Índia e do Sri Lanka, com o estatuto de membros associados.

Veja Também