COI DIVULGA CRITÉRIOS DE QUALIFICAÇÃO PARA TÓQUIO 2020

O Comité Olímpico Internacional (COI) começou esta quarta-feira a publicar os Critérios de Qualificação para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 acordados com as Federações Internacionais de cada modalidade, depois de ter dado a conhecer a revisão dos Princípios que regem os Sistemas de Qualificação, no dia 30 de março.

As primeiras modalidades a oficializarem a revisão do respetivo processo foram: Beisebol e Softbol, Escalada, Futebol, Golfe, Hóquei, Lutas Amadoras, Remo, Tiro com Arco, Triatlo e Vela.

Para a maioria das modalidades, estas atualizações cumprem apenas o objetivo de garantir que o processo de qualificação não se altera. Nas novas versões verificam-se os ajustes necessários ao fim do período de qualificação, agora em 2021, remetendo o agendamento das novas datas e locais das competições onde se disputará o acesso aos Jogos para um futuro próximo.

À data do adiamento dos Jogos Olímpicos encontravam-se por atribuir 43% das quotas de participação em Tóquio 2020.

Do que é dado a conhecer, os próximos desafios das Federações Internacionais, no que à calendarização de competições diz respeito, centram-se, entre outros, nos seguintes aspetos:

Equidade nas condições de participação, nomeadamente no respeito pelas restrições de deslocação imposta por cada país;

Manutenção do interesse na organização de tais competições por parte dos Países e das Cidades onde originalmente estavam previstas;

As autorizações das Entidades Sanitárias dos Países e das Cidades que irão acolher estas competições;

Criação de Planos Sanitários, de Segurança, de Emergência e de Contingência por parte de cada um dos organismos envolvidos na organização destas competições.

Avaliadas as demais alterações, destaca-se o ajuste realizado nas idades mínimas ou máximas de participação nos Jogos, nomeadamente no Futebol e nas Lutas Amadoras.

Fonte: COP

Veja Também

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *