COM assina acordo de atribuição de bolsas olímpicas com atletas de Boxe e Vela

O Comité Olímpico de Moçambique assinou na segunda-feira, 29 de Junho, um acordo de atribuição de bolsas de preparação olímpica, com as atletas Alcinda Panguane de Boxe, Denise Parruque e Maria Machava da Vela, todas qualificadas para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Durante a assinatura do acordo, o secretário-geral do COM Penalva Cézar, explicou que as atletas beneficiam da bolsa pelo facto de terem conseguido alcançar um dos requisitos exigidos para beneficiarem se da mesma, a qualificação para os Jogos Olímpicos.

“Quando as bolsas foram atribuídas em 2017, estas atletas não reuniam condições. Neste momento, pelo facto de um dos critérios ter sido cumprido, a qualificação, elas passam a ser bolseiras olímpicas”, rematou o secretário-geral.

O acordo entrou em funcionamento a partir do momento da sua assinatura e as atletas, passam a ganhar USD750 por mês para garantirem uma prestação positiva durante as olimpíadas. A quantia será disponibilizada de quatro em quatro meses, mediante a apresentação do relatório técnico das actividades desenvolvidas a partir da data da assinatura do acordo.

O relatório tal como deu a conhecer Penalva Cézar, deve ser elaborado pelo treinador de cada atleta, assinado pelo presidente ou secretário-geral da federação correspondente e submetido ao COM para a sua avaliação. E o valor correspondente aos quatro meses seguinte, só será disponibilizado mediante a aprovação do relatório das actividades dos quatro meses anteriores.

Por sua vez, as atletas mostraram se satisfeitas pela atribuição das bolsas e comprometeram-se a continuarem a trabalhar de forma árdua para manterem a bolsa e continuarem a içar a bandeira nacional além-fronteiras.

Veja Também

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *