Thomas Bach reeleito presidente do Comité Olímpico Internacional até 2025

A liderar o Comité Olímpico Internacional desde 2013, o alemão Thomas Bach foi esta quarta-feira eleito para um novo mandato de quatro anos. A votação foi quase unânime.

O alemão Thomas Bach foi esta quarta-feira reeleito para novo mandato de quatro anos à frente do Comité Olímpico Internacional (COI), que lidera desde 2013, na 137.ª Sessão daquele organismo.
Muito obrigado, do fundo do coração, por este voto de confiança. Para mim, é ainda mais avassalador, considerando as muitas reformas e muitas decisões difíceis que tivemos de tomar e nos afetaram a todos”, declarou Bach, após ser reeleito, perante a Sessão.

O alemão de 67 anos recebeu uma votação quase unânime, com 93 votos a favor, um contra e quatro abstenções, numa altura em que os Jogos de Tóquio2020, adiados para este verão pela pandemia de Covid-19, têm questões de segurança, viabilidade e presença de público estrangeiro como principais dúvidas.

Já este ano, o COI definiu Brisbane, na Austrália, como “cidade favorita” para receber os Jogos de 2032, como parte de um novo processo de candidatura e seleção de organizadores que defendeu esta quarta-feira e cuja Agenda2020, na qual ficou delineada a partir de 2014, foi aprovada por unanimidade.

Esta reunião está a decorrer por via telemática, depois de ter estado inicialmente agendada para Atenas, com vários assuntos da agenda olímpica em cima da mesa, quando faltam quatro meses para Tóquio2020.

Thomas Bach tem agendada para as 16h30 de Lisboa uma conferência de imprensa virtual para dar conta dos trabalhos do primeiro dia da Sessão.

(Obsevador)

Veja Também